O TRABALHO


O jornal O TRABALHO circulou pela primeira vez em 17 de setembro de 1904. Esta é uma edição comemorativa de 116 anos de fundação. A primeira exclusivamente digital. Até 1985, ele era composto tipograficamente, letrinha por letrinha, em gráfica própria.


O historiador Fausto Pires de Oliveira, em seu livro “Elementos para a história de São Simão”, relatou que “às vésperas de sair o primeiro número do jornal em formação, seu idealizador, Manuel Teixeira Mendes, foi pedir ao juiz de direito de então, Dr. Antonio José da Costa e Silva, que escrevesse o artigo de apresentação. Em conversa, disse que não havia ainda decidido qual seria o nome do jornal. Dr. Costa e Silva tinha sobre a mesa um livro que estava lendo, de Emile Zolá, intitulado Trabalho. Sugeriu, então, esse nome que era bastante original e simpático. Prontamente foi aceito pelo seu fundador”.


Heráclito Ludovice foi o primeiro redator do jornal. Veio da cidade de Franca especialmente para fazer jornalismo em São Simão.


Durante 19 anos (de 1905 a 1924), o jornal O TRABALHO foi o veículo oficial do Partido Republicano Paulista (PRP). Depois de inúmeros proprietários, em janeiro de 1962, Chaffy Jorge assumiu a direção do jornal O TRABALHO, mantendo este veículo com periodicidade semanal até 1989, ano do seu falecimento. Depois, permaneceu fechado por um tempo; voltou como mensário, porém sem periodicidade regular. Esta edição digital pode vir delinear novos rumos para o jornal O TRABALHO.

Linha editorial


Não existe neutralidade jornalística. Cada veículo de comunicação tem a sua linha editorial. É ela que determina o fato social que se transformará em notícia.


Nos últimos 50 anos, esta é a terceira edição comemorativa do O TRABALHO; as duas primeiras (1984 e 2005) tiveram como temática “Ecologia e Paz”. Esta, tem como tema “Cultura Simonense”. Nas três, o “pano de fundo” editorial foi e continua sendo a cultura de paz como política de agregação social e a preservação do meio ambiente como suporte vital para todas as espécies do planeta. Foi a partir deste princípio que se elaborou o foco cultural desta edição.

Contate-nos
Expediente


Esta é uma edição colaborativa.

Todos os participantes são voluntários.

 


Conselho Editorial desta Edição:

João Luiz Jorge (editor)

Alexandre Robazzi

Aristogiton Moura

Cármen Ludovice Moura

Renata Robazzi

Rita Pacheco Limberti.

 


Colaboradores institucionais:

AEQ – Associação Esportiva Quirinense

Apaixonados por São Simão (página do facebook)

Casa da Cultura Marcelo Grassmann

Museu Histórico Simonense Alaur da Matta

Núcleo de Estudos Marcelo Grassmann

SOS Cultura

 


Participantes:

Adriana Quartarolla

Alessandro M. Antonio (Pitá)

Ana Paula P. Bonagamba

Anna Paula P. de Souza

Aristogiton Moura

Carlos Ferreira Jr.

Cármen Moura

Carol Kossling

Cláudia Luciano

Denise Gimenes

Enzo Túbero

Fernando Fernandes

Ivette F. Franco

Jalile Carlomagno


Músicos e Produtores Musicais:

André de Souza

Daniel Carlomagno

Danilo Audi

Franco Júnior

Guilherme Bimbati (Estúdio 13)

José Cândido

Neusa Mahlow

Sikera Man

Wanderley Marrone.


 

João Butoh

João Jorge

Lucas Limberti

Maria Lília de A. Matos

Natalina Sicca

Omar Geraigire

Paró Ferreira

Ramon Monteiro

Rita P. Limberti

Rosa Elisa M. Barone

Sylvia Limberti

Thalma Tavares

Toninho Gonçalves

Verônica M. Pacheco

Zeppa Tudisco.

Projeto Gráfico e Diagramação:

Alexandre Robazza

Renata Robazza


Da internet:

Fotos e Vídeos.

Fale conosco: jornalotrabalhoss@gmail.com

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

© 2020 por O Trabalho

site construído por MOHAP Digital, by @rerobazza