• O Trabalho

Marcello Grassmann

O legado de Grassmann e o trabalho para se manter vivo o patrimônio histórico

e cultural de sua arte em São Simão.


Ana Paula (*)


O artista Marcello Grassmann nasceu em São Simão no ano de 1925 e teve uma trajetória de sucesso nas artes gráficas, recebendo inúmeros prêmios em mais de 60 anos de trabalho.


Sua arte está presente em museus brasileiros, internacionais e em coleções particulares. São gravuras em metal, xilogravuras, litografias, desenhos e monotipias, que lhe renderam fama e reconhecimento em todo o mundo.


É sem dúvida um dos filhos mais ilustres de São Simão. Abriu as portas da casa que fora de seus avós, para fazer dela, desde 1979, a Casa de Cultura Marcello Grassmann, com um acervo de gravuras doadas pelo próprio artista, além de documentos e de fotos das Semanas Culturais, que tradicionalmente acontecem nos meses de setembro, em São Simão, com atividades artísticas diversificadas.



Casa de Cultura Marcello Grassmann

A partir de 2017, a Casa de Cultura, mantida pela Prefeitura Municipal de São Simão, estreitou seus laços com o Núcleo de Estudos Marcello Grassmann, em São Paulo, idealizado por Ana Elisa (Zizi) Baptista, gravadora e esposa do artista por mais de 17 anos. Nesse momento, surgiu a ideia de se incluir o estudo da vida e obra de Marcello Grassmann no currículo das escolas municipais.


Estudar Marcello Grassmann nas escolas vem de encontro com a necessidade de se manter viva a memória da obra grassmanniana para as futuras gerações, o valor de sua obra e a importância cultural que ela representa para o município.


Nesta parceria firmada com o Núcleo foi possível o acesso a outro repertório de obras dentre elas os primeiros desenhos e xilogravuras, os móveis que pertenceram ao artista (comodato) e a formação de uma pequena biblioteca aberta, contendo livros sobre o artista e história da arte para consulta. Todo esse acervo encontra-se disponível ao público nas visitações à Casa e anualmente, durante a Semana Cultural é realizado pequenas exposições, com obras inéditas apresentadas pessoalmente por Zizi, em visitas guiadas que proporcionam a todos os presentes uma viagem no tempo, ouvindo histórias da infância de Marcello, sobre sua trajetória enquanto estudante, a carreira artística e as técnicas que ele utilizava.


Além disso, iniciou-se um programa de formação pedagógica para todos os professores da rede municipal, estendido à rede estadual e particular. O Departamento de Educação de São Simão incluiu na grade escolar conteúdo sobre Marcello Grassmann, elaborado pelo Núcleo. A Semana Cultural de 2017 foi marcada pela inauguração da mini biblioteca com doação de livros sobre o artista, sobre técnicas e história da arte e com a oficina de carimbo e de xilogravura com o grupo Xilomóvel. Após a inclusão de conteúdo elaborado pelo Núcleo na grade escolar, o Departamento de Educação de São Simão realizou a primeira formação de professores com uma palestra sobre técnicas de gravura com Zizi Baptista e Denis Bruza Molino, no Theatro Carlos Gomes, além dos encontros na Casa Grassmann para apresentação e estudo do conteúdo elaborado pelo Núcleo, preparando os professores para prática docente.


No ano de 2018 a Semana Cultural teve como tema “A poética de Grassmann”, com apresentações de alunos das escolas municipais, do Coral da EE Simão da Silva e performance do renomado artista simonense João Butoh. A formação de professores foi promovida pela arte-educadora Marili Serafini, em encontros de intenso estudo sobre a vida e obra do artista e sugestões de práticas pedagógicas a serem desenvolvidas com os alunos.


Em 2019, o tema da Semana Cultural foi “Litogravura”, a abertura foi um show, no terminal rodoviário Félix Bacan, com a Banda São Black e com o artista André de Souza. Dentre as atrações da Semana se destacaram a apresentação da Escola de Dança Thais Nogueira e do Projeto Gury.


O Núcleo promoveu Oficina de Desenho - "caderno de viagem" com Paula Miranda e visita às escolas de São Simão para conhecer os trabalhos e fidelizar esta importante parceria.


Neste mesmo ano colocamos em prática os resultados das formações pedagógicas onde as Escolas Municipais prepararam exposições de gravuras, desenhos e pinturas produzidos pelos alunos e expostos para a população em diferentes pontos de muito acesso popular, como a prefeitura, os bancos, os postos de saúde e os supermercados. O objetivo foi dar visibilidade a arte de Grassmann para a população simonense, promovendo e acessibilizando a Casa de Cultura Marcello Grassmann a toda população.


E assim, o trabalho de manter vivo o legado do artista Marcello Grassmann vai aos poucos se concretizando como um sonho, com metas para formar uma geração de simonenses que conheçam, ainda mais, a importância do papel da arte para a sociedade. A valorização e respeito à arte, à cultura e a compreensão em preservar esse importante patrimônio histórico e artístico, a Casa de Cultura Marcelo Grassmann, fortalecendo o amor e cuidados com a cidade de São Simão.



(*) Ana Paula Pires Bonagamba, professora, é Secretária de Educação de São Simão.

Visite o site do Núcleo de Estudos Marcello Grassmann:

www.nucleomarcellograssmann.org.br

118 visualizações
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

© 2020 por O Trabalho

site construído por MOHAP Digital, by @rerobazza